MoU – O verdadeiro Programa Eleitoral do CDS/PS/PSD

O Sócrates é acusado de sobre o Memorando de Entendimento (MoU) dizer apenas o que não está lá.
É melhor do que não dizer nada como fazem o CDS e o PSD.

Por acaso alguém  disse que assinou para o biénio 2012/2013:

  • – um corte de 200ME na ADSE.
    – Redução de 925ME no sistema de saúde.
    – Corte de 370ME na educação.
    – Corte de 950ME nas reformas.
    – Corte no subsídio de desemprego de 300ME.

Aumento de impostos

  • – Aumentar IRS em 625ME
    – IMI 400ME
    – IVA pelo menos 410ME
    – Impostos sobre o consumo 400ME
    – Aumento dos impostos sobre as empresas em 300ME

Apenas uma pequena amostra.

Tudo medidas para ajudar os mais desfavorecidos!

Depois a recessão vai ser culpa das familias porque não consomem.:-(

Mas não se esqueceram dos empresários “empreendedores”, as empresas vão descontar menos para a Segurança Social, para começar (como estamos em campanha eleitoral) apenas menos 4 pontos percentuais (PSD), brevemente os nossos VSPs dirão, 4 pontos percentuais é pouco para a redução ter algum efeito a TSU para os patrões precisa de ser zero. Se muitos já têm fortes dúvidas se quando chegar a vez deles se irão ter reforma, assim ficamos logo esclarecidos, adeus à reforma.

Desmistificando alguns “spin doctors” do PSD/CDS que apresentam os “falsos Recibos Verdes” como exemplo da necessidade de diminuir a TSU.
Primeiro temos que dizer que os “falsos Recibos Verdes” são uma praga a combater porque são um truque que alguns “empresários” com muita “responsabilidade social” arranjaram para não descontar para a Segurança Social e negar todo e qualquer direito aos trabalhadores por conta de outrem.
Agora esses mesmos “empresários” e outros VSPs ao seu serviço fazem chantagem dizendo, os “falsos Recibos Verdes” são muito maus, querem que nós empresários acabemos com isso, passem a TSU das empresas para 0%, bom, como nós somos “bonzinhos”, no máximo 5%.

MoU – English Version
http://bit.ly/jEReNp

MoU – Versão em português
http://bit.ly/mfUFNS

Advertisements
This entry was posted in Economia, Eleições, Política, Portugal and tagged , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s